Pesquisar este blog

sábado, 31 de maio de 2014

Ontogenia Humana


Ontogenia Humana (by Kraudião)

Antes éramos uma idéia, um desejo em reencarnar.
Conscientes que somos, escolhemos o ninho familiar.
Pessoas afins com a melhor das história a se viver,
Escola de vida relacional para nossa evolução.
Filhos no ventre que unem-se ao casal de amantes,
Alguém a configurar, inicialmente, o núcleo do lar.
 ###
Nascemos sob a condição especial de um foco de luz,
Conduzidos por mãos hábeis, que nos trazem ao mundo.
Plano físico incorporado e receptivo da mesma dimensão,
Parentes e amigos ansiosos nos esperam com toda alegria,
Palco frio e estéril de um hospital, mas quente de vibração.
Posso até sentir a felicidade das pessoas presentes,
Minha primeira platéia conquistada neste show da vida.
 ###
Uma criança feliz com todo este apoio e receptividade,
Vou crescendo sendo, principal personagem do enredo vida.
Direção da cena é realizada por pais dedicados e presentes.
Cada apresentação que se revela é motivo de alegria familiar,
Vou me apresentando vivaz e cada vez melhor neste palco.
Criança habituada e feliz em ser o foco da platéia parental.
 ###
Adolescência é um processo contínuo de transformação,
Tenho muitas crises existenciais em minha identidade,
A euforia do meu público de outrora já não é mesma.
Há muito deixei de ser a peça preferida e assistida da cena,
Recebo orientações de como deve ser minha conduta,
Transformações acontecem em todo meu ser de repente.
Passo a ser alvo de questionamentos em quase tudo que faço.
Cotidiano diversificado da forma de como foi minha criação.
 ###
A vida adulta chegou pujante e quase não reconheci,
Me cobrou muitas responsabilidades que nunca percebi,
Tomei conhecimento que até então me escondia na diversão.
Constantemente a pressão da vida bate na minha porta,
Disfarçadas de escolhas quando pensava ser livre,
Conseqüências inevitáveis do caminho que segui.
Tive muitas orientações, mas poucas delas cheguei a refleti,
Busquei diversas distrações postergando a introspecção. 
 ###
Na segunda fase da vida adulta, me encontro quase só.
Quase sem perceber, não escutei os conselhos amigos.
Sempre que eles conversavam comigo, dizia que iria mudar.
Hoje as provocações tomam conta, quase, absoluta de mim.
Continuo sem entender e questiono se preciso passar por isso,
Tenho potencial bem latente e muitos talentos de artista.
Convites diários e reincidentes tentam me iludir com tentações,
A vida agitada se manifesta em muito palcos e cenários,
Desejos, ainda imagéticos, alimentados no que poderia atuar.
 ###
Logo adiante, a maturidade se apresenta e me convida.
Oferece um cenário perfeito para que possa me transformar,
Um roteiro mais claro e bem escrito de qual é a minha missão.
Oportunidades que antes nunca havia persistentemente investido.
Muitos foram os personagens que conheci e incorporei na vida,
Todos eles me ensinavam alguma coisa, mas custei a acreditar.
Amigos que sempre quiseram minha real transformação,
Insistentes alertas sobre o caminho que estava seguindo,
Eu sempre rindo por fora, no meu jeito de ser, para não chorar.
### 
Percebo flashes da imortalidade do que quero na vida deixar,
Obra bem realizada de sentido absoluto e com verdade.
Hora de colocar pra fora meus sentimentos mais profundos,
Dores que tanto escondi em muitas das minhas atuações.
Etapas da vida passada que achava estar dirigindo toda a cena,
Hoje percebo que antecipo minha maturidade ao me transformar.
Vou escolher, como tantos amigos, a senda da espiritualização.
Convite que aceitei muito antes de reencarnar como criança feliz.
### 
Pessoa adulta que sou, desisto de continuar a fugir de mim.
Serei a criança pura e consciente novamente sem temor.
Mergulharei em busca da minha jovem e lúdica essência.
Caminho seguro em direção ao meu centro de força,
Persistente, consciente e pacientemente rumo às Leis Naturais.
Chega de postergar meus desafios que sempre voltam como dor.
Minha ontogenia escreverei como roteiro de iluminação,
Tradução mais exata do que tenho como sentimento.
Histórias significativas de tudo que fiz e farei na vida,
Pessoa completamente renovada pelo autoconhecimento.

Salvador-Ba, 31 de Maio de 2014.