Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Presente na saudade


Presente na saudade (by Kraudião)

Saudades eu fiquei da tua presença ao meu lado,
Teu cheiro perfumado de menina mulher a embriagar-me.
Saudades eu fiquei da tua boca linda de sorriso bonito,
Em sentir os beijos molhados e desejosos entre nós.
Saudades eu fiquei em ter você aninhada em meus braços,
Corpo quente escultural, saudável e dengoso ao receber cafuné.
Saudades eu fiquei das longas tardes e inocentes risadas juntos,
Alegria contagiante de tudo que acostumamos compartilhar.
Saudades eu fiquei do seu olhar curioso ao investigar minha alma,
Expressões de puro prazer e desejos nas coisas que sabemos sentir.
###
Agora você voltou para perto de mim e vamos desfrutar,
Vivenciar diferentes sensações no menu da vida ao bel-prazer.
Agora você voltou trazendo de volta minha alegria para sorrir,
Viver experiências significativas de novos tons e sabores do amar.
Agora você voltou e decidimos não mais perder tempo com medos,
Iniciamos um profundo e seguro mergulho na relação da vida a dois.
Agora você voltou sem carregar tanta culpa por tudo que imaginou,
Estereótipos de casais que vão se dissolvendo a cada dia.
Agora você voltou e não preciso tanto usar minha imaginação,
Viagens mentais dos momentos vividos de um tempo muito bom.
Agora você voltou estamos sofrendo menos daquele apego que tortura,
Condicionais de um futuro ainda obscuro se dissolve naturalmente.
###
O melhor presente tem sido ter você assim do meu lado,
Tarde intermináveis de namoros entrecortados de sonecas.
O melhor presente é desembrulhar o véu de Isis dos mistérios,
Revelando quem somos nós na intimidade do quarto escuro.
O melhor presente se apresenta no auge do nosso clímax,
Quando somos parceiros completos em desfrutar o prazer.
O melhor presente também acontece quando nossa fome pede pausa,
Somos alimento mútuo de sensações causadas pelo bem-estar.
O melhor presente vem quando nosso cheiro se mistura na pele,
Exalamos paixão contínua sem querer para de oferecer amor.
O melhor presente se revela logo depois do descanso no simples toque,
A faísca amplia nossa chama insaciável ao recomeçar a se amar.
O melhor presente é vivido no lapso atemporal do belo vazio,
Saciamos mais uma vez desfrutando da nossa intimidade,
O presente é dado a nós...e aí chega de saudade!!


Salvador-Ba, 24 de fevereiro 2016.