Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Saudade...



 Saudade... (por: Kraudião)

Saudade de ti...mesmo com sua onipresença em meus pensamentos.
Saudade de ti...mesmo com toda minha crença latente em sentimentos.
Saudade de ti...mesmo com sua infinita bondade em meu ser.
Saudade de ti...mesmo com sua intensa expressão do amor.
Saudade de ti...mesmo com a inusitada experiência da dor.

Saudade...porque nem sempre consigo te acessar plenamente.
Saudade...porque, às vezes, esqueço de viver meu presente.
Saudade...porque as memórias ainda estão vivas em mim.
Saudade...porque quero frequentemente te encontrar.
Saudade...porque a vida faz muito pouco sentido sem ti.

Saudade....daquele tempo em que éramos apenas um.
Saudade....daquele tempo que era um profano ingênuo.
Saudade...daquele tempo em que te esperava como aprendiz.
Saudade...daquele tempo que fui mais feliz e seu fiel companheiro.
Saudade...daquele momento único quando me tornei um novo mestre.

Saudade....que agora vive rondando minha mente inquieta.
Saudade...que ficou de um caminho conjunto que um dia percorri.
Saudade...que me impulsionou em ousar para te encontrar.
Saudade...que me libertava nas viagens pela estrada afora.
Saudade....que me arremessava num estadinho incomum.

Saudade...do portal que se abre na atemporalidade.
Saudade...do absoluto que existe bem aqui.
Saudade...do futuro que sei, logo ali, me espera.
Saudade...do presente por escapar inconsciente das minhas mãos.
Saudade...do passado onde éramos uma única identidade.
PAI, idênticos ou nada!!


Salvador-BA, 13 de Novembro de 2013.