Pesquisar este blog

sábado, 5 de janeiro de 2013

Dança da palavras


Dança das palavras (por: Kraudião)

Queria que as palavras tivessem a fluidez da sua dança,
Que elas traduzissem toda sincronia da coreografia,
Que elas transportassem meus pensamentos até você.

Queria que as palavras tivessem a imagem linda do teu brilho,
Que elas iluminassem todos que aqui te assistem agora,
Que elas vibrassem nesse ritmo harmonioso e sensual que é você.

Queria que as palavras voassem além deste tempo presente,
Que elas em algum lugar encontrassem nosso passado comum,
Que elas pudessem reviver os bons sentimentos de uma vida com você.

Queria que as palavras tomassem a forma graciosa que te compõe.
Que elas tocassem mais fortemente nossos corações adormecidos,
Que elas enchessem de amor todo esse ar que respiramos juntos.

Queria que as palavras nunca se perdessem do tempo presente,
Que elas nos alimentassem os sonhos e desejos da felicidade,
Que elas fortificassem, ainda mais, os laços entrelaçados dessa união.

Queria que as palavras sobrevivessem aos possíveis desencantos da vida,
Que elas nunca anunciassem para nós a falsidade, injustiça ou traição,
Que elas transmitissem sempre os sentimentos de bondade, amizade e gratidão.

Queria que as palavras sempre mantivessem nossos diálogos abertos e em dia.
Que elas fossem mensageiras de nossas sinceras vivências de almas felizes,
Que elas referendassem continuamente a vontade de amar e evoluir.

Queria que as palavras se libertassem do seu dúbio sentido em dizer,
Que elas só falassem para nós de forma direta,carinhosa e perfeita a verdade,
Que elas nunca esquecessem por um minuto sequer, quando preciso, de expressar minhas desculpas e/ou pedidos de perdão,
E a partir daí, viveríamos menos dependentes das palavras e sentiríamos mais o poder da ação.

Salvador-BA, 04 de Janeiro de 2013