Pesquisar este blog

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Todos Somos Um


**Todos somos um (por: Kraudião)

O que vês em mim é o mais puro refletir.
Daquilo que reconheces de sagrado em ti,
Muito além dos rótulos da palavras
Que no momento preciso e uso-as aqui.

A harmonia que toca dentro de ti,
Reverbera alto e se expande para o universo,
Como dele faço parte integralmente, sinto em mim.
Sua emoção pela nossa amizade é assim,
A mais pura devoção pelo contato que provoca.
Diferenças unificada pelo côncavo e convexo,
A amizade que encanta na mais pura expansão.

As lembranças que de mim evocam,
Alimenta a saudade do é que nossa irmandade,
Somos filhos do mesmo Pai e não há o que negar.
Caminhamos com disciplina, liberdade, obediência e união.
Se para tu represento dedicação, pra mim tu és devoção.
Veja quem somos nós então, apenas o sentir.
Das coisas que vem e vão de mim para ti.

Nesses versos que agora escrevo bem curtinho,
Tento matar minha persona, mas assumo que sou descaradinho!
Pois, quando divino se faz em mim, não sou mais um desafino.
Embora precise de sua motivação para que se manifeste a disciplina e te agradecer por tanto carinho.

Afinal, mesmo com os olhos cheios d’água,
Que até a vista se “atrapaia.”
Esta é a matéria prima que gera a inspiração,
Direta e sem rodeios em sintonia com nossas almas.
Sim, rico é quem tem amigo no lado direito do peito,
 Que onde estiver permanece em sintonia,
Nada mais bonito e justo que ter este carma.
Nossa identidade é mais que conhecida,
Pois TODOS SOMOS UM!

Salvador-Ba, 12 de Novembro de 2012.

** Dedico estes versos aos meus amigos mais próximos e/ou distantes, como também aos novos amigos que hei de fazer ainda nesta vida.