Pesquisar este blog

domingo, 1 de abril de 2012

Sementes para o amor


Sementes para o amor (por:Kraudião)

Planto minhas idéias neste jardim fértil
E imaginário criativo da mente.
Palavras se combinam como arranjos florais
Misturando sons, pontos e sentidos.
Pequeninos versos que crescem a cada linha,
Com ou sem métrica na forma de rimar.
Versos plantados com algo a dizer,
Minha alegria pela sua amizade
E audiência de visitação.
Recebam o meu presente rimado
Estas sementes para o amor.

Cultivadas são as idéias para que possam florescer,
Espalhar seu aroma de puro sentimento.
Do que sinto e penso quando digito tudo isso aqui,
Tradução imaginária antes escondidas n’Alma.
Desnudo os versos que posto para ti,
Trago em palavras meus frutos do bem,
Em algumas vezes angústias e dor.
Mas como um jardineiro das palavras,
Vou evitando as ervas daninhas.
Cultivo o que há de melhor para oferecer,
Compartilho meus segredos com sinceridade.
Nem sempre vou conseguir tanta presteza,
Mas nunca tenha dúvidas do que lhe trago,
Pois sempre serão sementes do amor.

As palavras que brotam na hora de agradecer,
Quem colhe meus frutos é porque me visitam.
Que testemunha deixando comentários, já provou
Qual o sabor que a mensagens têm.
As diferentes linguagens variam conforme a estação,
O tempo e clima de quem vos escreve irá demonstrar.
Como se cada estímulo deixasse o seu tom,
Na hora que se escreve com ou sem inspiração.
Porém nunca se esqueçam que deixo o melhor de mim,
Revelações cifradas nos versos para te sensibilizar.
Uma prova de minha eterna gratidão à você, meu querido leitor.
Que minhas palavras sempre possam te agradar,
Pois elas me representam como sementes do meu amor.

Salvador-BA, 01 de Abril de 2012.