Pesquisar este blog

sábado, 17 de setembro de 2011

Ente Consciente


**Ente Consciente (por: Kraudião)

Intelecto dotado de extrema sensibilidade,
Pois sua concepção de vida é assim.
Uma história marcada pela grandeza gentil que
Paradoxalmente emerge do seu aparente corpo delicado.
Estruturado em plenas convicções de quem sempre
Superou os limites na grata e colaborativa ação em ajudar.
Seu universo receptivo compreende os mais distintos perfis
E acolhe, até mesmo, formas antagônicas de pensar.
Sua capacidade cognitiva parece não ter limites para expandir,
Tantas são as possibilidades que busca no seu itinerante viver.
Traz no seu histórico lutas incansáveis e inerentes ao seu perfil,
Fruto de sua busca persistente, inteligente e paciente até realizar.
Personalidade cativante e de carisma insofismável,
Características que logo se destacam em seu jeito de ser.
Muitas pessoas aprendem e desfrutam de sua doce companhia,
Gestos, palavras, orientações compartilhadas na intenção de sempre contribuir e fazer da forma mais agradável.
Em sua vida aparente e agitada sempre conserva uma certa paz,
Momentos em que faz questão de dividir com o mais próximo.
Sua conduta livre e sem preconceitos a caracteriza uma anarquista assumida.
De certo, podemos até acreditar em tal idiossincrasia.
Seja qual for o seu perfil concebido pelo outro,
Sempre haverá espaço e oportunidade em dialogar de forma igual.
Temos, de fato, um histórico representativo em colaboração,
Nas ações positivas e edificantes em tantas outras vidas.
Nada mais justo, e ainda em tempo, para quem vive esta evolução,
Diante de tudo que já fez e vem fazendo sem poupar qualquer esforço,
Nas horas de lutas em defesa daquilo que acredita,
Não vejo como poderia ser diferente o modo de agir.
Um carinhoso e diminutivo nome dado na hora do batismo,
O seu pai, acho, que nem imaginaria o que estava por vir,
Revelaria uma grandeza de alma mais que inquietante.
Registrada como Teresinha, nosso ENTE CONSCIENTE!!

Salvador-BA, 17 de Setembro de 2011.

** Versos dedicados a querida-amiga-orientadora  Teresinha Fróes-Burnham