Pesquisar este blog

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Poesia Virtual


Poesia virtual (by Kraudião)

No passado romance se escrevia com poesia.
Mas o que acontece hoje com as relações?
Somos quase seres virtuais que até o amor
Vem perdendo espaço para as tecnologias!
###  
Na vida moderna parece que é só corre-corre,
Stress, ansiedade, depressão, taquicardia.
Esqueço do toque, do abraço, da acolhida,
do cheiro, do gosto do beijo...pois é só tecnologia.
###  
Um mundo conectado virtualmente de muitas alegrias.
Ninguém é infeliz, desequilibrado, quieto, tímido,
Desconhecido, inimigo, pobre, pois vive-se curtindo.
Não será tudo isso um engodo criado pelas tecnologias?
 ### 
Relações compartilhadas sem o menor pudor em mostrar.
Aparências felizes de uma superfície personificada em enganar.
Uma sede insana em mostrar que a vida é puro se divertir.
Fotografias postadas para cada ato cotidiano sempre a denunciar.
Minha vida como uma vitrine mais brilhosa de fantasias.
Será mesmo para isso que quero fazer uso das tecnologias?
 ### 
Sei que não sou diferente e tenho as minhas tentações.
Sou como muita gente que ainda se rende diante das ilusões.
Sei também que minha vida não é só projeções mentais.
Sou mais feliz pelo que sinto e reflito que pelos modismos atuais.
Sei que esse mundo também tem minhas freqüentes contribuições.
###  
Sou responsável por elas e reflito profundamente todo santo dia.
Sei qual a minha parcela em todo este cenário de caos.
Mas mesmo sendo um dependente das tecnologias
Me recuso a ser alguém diferente no meu mundo real.
Sou complexo, desequilibrado, carente, maluco, descuidado...
Mas também amigo, fiel, disciplinado, amoroso, ouvinte e consciente.
 ### 
Enfim, amo demais e sou grato as tecnologias do mundo moderno.
Apenas fico me perguntando se tudo isso que aí está,
Estamos realmente utilizando do modo certo.
Queria poder compartilhar mais presencialmente tudo que sinto,
Infelizmente não tenho, ainda, o dom divino da onipresença.
### 
Queria uma dia poder fazer isso, mas de uma outra forma.
Contudo, venho aprendendo a tocar a alma das pessoas usando as tecnologias.
Quero fazer isso cada vez mais consciente de suas presenças,
Momentos convividos plenamente em nosso dia-a-dia.
### 
Meu coração bobo de poeta e mente inquieta não param de me inspirar,
São disparadores de tudo que consigo da minha alma traduzir.
Por isso venho usando deste espaço semanalmente
Para deixar meus recados irão compor minha obra,
Sentimentos compartilhados por tudo que vivi no mundo real,
Parte lúdica e inspiradora de mim que escreve através da poesia virtual.

Salvador-Ba, 23 de fevereiro de 2014.