Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Lembrança de ontem


Lembranças de ontem... (by Kraudião)

 Desde ontem trago comigo as boas lembranças de nós dois.
Daquilo que costumamos buscar nas relações sadias e amigas,
Uma noção completa de cumplicidade que é o passo seguro,
Quando pretendemos ampliar os desejos até a intimidade.

Desde ontem permanece gravado na minha mente tua imagem Sorrindo e eu te querendo, mas você dizendo não.
Porém, uma bela representação da alegria em se querer,
Este astral contagiante que sempre emana de ti,
Me atrai loucamente e quero vivenciar em mim.

Desde ontem não paro de resgatar os bons momentos,
Quando juntos vivemos o melhor do plano “B” que já tive então.
Sem expectativas iniciais, mas uma vontade louca em ficar contigo
Na magia e encantos de programas compartilhados com você.

Desde ontem ainda fico inebriado com a lufada perfumosa,
Sempre que arrumava num coque este lindo e volumoso cabelos.
Hipnotizado pela visão deliciante do seu pescoço macio e alvo
Todo vulnerável de expressão convidativa aos meus beijos.
Das orelhas pequenas e perfeitas prontas para ouvir
Minhas súplicas e sussurros persistentes por amor.
A vontade se fez mais forte quando por segundos entrelaçamos
 Os dedos das mãos e ficamos ali corpos unidos dançando.

Desde ontem repasso, todo tempo, o momento onde tudo começou.
O despertar quase exato de que ultrapassaria o meu e seus limites.
A banda tocava vibrantemente todos os seus reggae-pop-rock hits,
Mas só quando ouvi a música Ocê e Eu, o desejo explodiu
Mais ainda, em te querer só pra mim em plena multidão.

E bendito tenha sido aquele vinho que nos animava,
Em seguida, quando o seu brinco caiu e testei sua concentração.
Ao pé do ouvido te provoquei e brinquei com um pouco de ousadia,
Queria muito mais, a partir dali, e acho que fluiu de boa pra nós dois.

Desde ontem sinto o gosto molhado dos teus lábios na minha boca Sedenta pela vontade crescente em te engolir por inteira.
De sua língua bailando com a minha, me ensinando tua linda Coreografia de como é a expressão do desejo, carinho e sentimento.
E aí o pior chega com hora marcada pelo compromisso,
Você precisava ir embora e eu também porque não tínhamos
Pensado num plano “C” para uma noite inteira da gente.

Quero desvendar o que é essa força que tanto me atrai em você,
Um bem estar resultante que parece nunca acabar em um dia,
Só por me lembrar de ontem e de como foi estar com você.
Torcerei que o efeito possa ter sido o mesmo em ti também,
Pois em tão pouco tempo, passei a te admirar e
Te querer muito bem em outras condições
 E que agora eu quero muito mais...

Salvador-BA, 27 de Janeiro de 2014