Pesquisar este blog

sábado, 10 de março de 2012

Intimidades


Intimidades (por: Kraudião)

Quando te beijo a nuca sinto teu corpo arrepiar.
Um desejo ardente palpita em todo me ser.
Te quero mais ainda e aliso sua pele sedosa, macia e branca.
Lentamente quero explorar cada canto do teu corpo.
 Beijo e deslizo a língua em busca da fonte do prazer.
Pulsamos mais aceleradamente entrelaçados como um só.
Beijos carinhosos são uma divertida brincadeira entre nós dois.
O tempo vai passando e eu não tenho pressa em finalizar.
Adoro cada parte do seu ser.
Exploramos possibilidades ansiosos em agradar mutuamente.
Assumo o controle para você não desconcentrar.
 Te observo bem de perto e prolongamos este momento.
Não queremos um final imediato, puro e simplesmente.
Mas sim, a eternidade alimentando a gente.
A luz da penumbra me apresenta as partes que quero ver.
Me delicio com a cena que aumenta mais ainda meu tesão.
Estamos quase extenuando, porém decididos a continuar.
Seu êxtase se revela indócil e quero muito mais.
Vamos sincronizando nosso ritmo para chegar ao fim.
Você se revela mais do que nunca quando aqui e agora.
Participo contigo para que juntos possamos sentir.
Um turbilhão nos invade os sentidos e obscurece completamente a razão.
Somos apenas um gemido no espaço delirando de tesão.

Salvador-Ba, 09 de Março de 2012.