Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Reencontros

**Reencontros (por: Kraudião)



Somos a interseção de vidas distintas,

Mas com ampliação de pontos comuns.

O careca que um dia foi cabeleira,

A cabeleira que tens maturidade do careca.

O neto e filho primogênito para um lado da família,

A família dedicada em carinhos e mimos constantes.

A inteligência objetiva que se permite a criatividade das artes,

Arte de ser original e único no aprimoramento da inteligência.

A conduta de retidão na busca pelo justo e perfeito,

A razão exata entre direitos e deveres em desenvolvimento.

Amizade sincera e companheira para quem precisa de atenção,

A atenção aos detalhes da personalidade alheia como espelho.

O reflexo iluminado em construção de plena consciência,

Consciência madura espelhada no seu corpo e mente infantil.

A ingenuidade pura na crença absoluta da palavra,

A palavra compreendida através de atos exemplares.

O doce conflito entre a alma adulta que vive sua infância,

A infância vivida com intensidade que a alma precisa.

O discípulo que já reconhece o valor do exemplo,

O exemplo que motiva e cativa a busca pela disciplina.

O pensador que brinca com as palavras rimadas,

A cadência das palavras que nos convida a pensar sobre...

A gratidão expressa neste reencontro de almas,

Separadas no tempo e espaço de vidas passadas,

Hoje se encontram e resgatam a amizade eterna!



** Versos dedicado ao meu garoto Lucas Junqueira Ayres de Araújo, meu "bróder" e parceiro de boas risadas!!

Salvador-BA, 24 de Fevereiro de 2011.