Pesquisar este blog

domingo, 11 de abril de 2010

Insaciedade

Insaciedade (por: Kraudião)



A gente come, come...come e não mata a fome.



Dorme, dorme...dorme sem conseguir descansar.



Corre, corre...corre, mas tá sempre atrasado.



Ri, ri...ri, ainda sim tá triste.



Conversa, conversa...conversa e não se faz entender.



Chora, chora...chora e nem consegue se aliviar.



Ama, ama...ama, mesmo assim vive a sofrer.



Erra, erra...erra tentado acertar.



Explica, explica...explica e poucos querem ouvir.



Bebe, bebe...bebe e a sede continua lá.



Escreve, escreve...escreve uma idéia que não para de surgir.



Insiste, insiste...insiste naquilo que não podemos abandonar.



Espera, espera...espera até a paciência se perder.



Discute, discute...discute algo que pensávamos resolvido.



Lamentamos, lamentamos...lamentamos, porém é difícil mudar.



Acreditamos, acreditamos...acreditamos, pois não falta fé.



Oramos, oramos...oramos mesmo assim voltamos a pecar.



Brincamos, brincamos...brincamos é muito difícil levar a sério.



Por fim, enfim...e assim é muito comum não saciar!






 

Salvador-Ba, 11 de Abril de 2010.