Pesquisar este blog

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Auto-retrato

Auto-retrato (por: Kraudião)

Aquele  que vocês pensam que sou,
Não deve está muito longe de quem realmente sou.
Pois se é assim que vocês me enxergam
É porque algo foi dito e/ou percebido
Durante nossa convivência,
Revelando pra ti um pouco do  meu interior.

Aquele que por ventura  vocês observam,
Ninguém mais é do que alguém que busca
O melhor para si e por ti.
Sem a mínima intenção de magoar e maltratar
quem quer que seja provocando qualquer tipo de dor,
Pois para ele, e por vocês,
tudo só terá sentindo se feito com amor.

Aquele com que vocês convivem
Algumas horas semanais,
Seja em assuntos mais sérios ou conversas informais,
Espera e quer construir junto à vocês
Não apenas amizade circunstancial,
Mas algo duradouro, pleno e sem reservas.
Algo para uma eternidade,
Pois só assim ele sabe viver e
Entende que tem que ser.

Aquele que vocês acham e acreditam
Ter conhecido através de um estereótipo,
Construído apenas pelo intelecto,
Os tem impedido a experimentar
o que é inteligência sem pensamento.
Onde se encontra o mais absoluto e o que é real.
Pois então, este aqui que vos fala convida-os
Para partilharmos deste banquete disponível.


Como em qualquer relação pessoal verdadeira,
Aquilo que poucos acreditam, porém
Alguns poucos acham possível, inclusive eu,
Procurar viver o amor incondicional.
Sem reservas de preconceito,
Sem credos e/ou dogmas da nossa cultura,
Simplesmente a revelação mais pura,
A constatação do que é de fato,
Me revelo para vocês neste auto-retrato!!

Salvador-BA, 01 de Novembro de 2011.