Pesquisar este blog

domingo, 12 de setembro de 2010

Ébano e Marfim

** Ébano e Marfim (por: kraudião)

Complementos de cores musicais,
O ébano sustenido, o marfim da nota cheia.
Caminhos para os meus dedos a teclar,
Harmonia vibrante de martelos sobre cordas.
Desfile de notas e acordes em escala cromática ou não.
Dedos passeiam energicamente produzindo sons numa gama auditiva entre o grave, médio e agudo.
Quantos caminhos posso seguir impulsionado pela intuição.
Uma música que vem de dentro, do fundo d'alma e flui magicamente sem nenhum efeito ilusório.
Uma realidade expressa e cheia de sentimento, a mais pura intimidade daquilo que revelo no som do coração.
No ritmo da valsa, um clássico, um choro ou improvisos melódicos que inundam a sala que agora é mais do que de bem estar.
Oh, piano mágico que falas através de notas voando por todo esse ambiente etéreo e nos remete a reflexão.
Me transporta através dos pensamentos para outras vidas,
Em que sabia dialogar na sua linguagem de teclas ébano/marfim,
Tempo que me entretia com ou sem partituras, traduzidas por mim.
Num nobre salão da mais alta roda da burguesia ou na penumbra de meu quarto em elaboradas composições.
Horas a fio embevecido pela energia que ia ganhando forma no pentagrama, se revelando no teclado com vida e emoções.
Agora, neste exato momento, apenas te escuto atento.
Busco e aprecio a melodia que vibra nesta caixa preta ressonante,
Onde posso testemunhar neste canto da sala uma bela execução,
Com o mesmo vigor e atitude passional que conheci um dia.
Tempo passado de uma vida eterna, onde muda-se o contexto,
Mas as experiências perduram para sempre incondicionalmente.

Salvador-Bahia, 12 de Setembro de 2010.

** Dedico estes versos ao amigo e professor Dante Galeffi pelo bom anfitrião que és!!