Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Entre colunas


Entre colunas (por:Kraudião)

Nada é muito longe para os amigos despertos
Que bebem da mesma fonte.
Pois tudo é muito seguro e certo,
Nada é lamentado ou empecilho
Mesmo além do horizonte para os amigos que tenho
Que bebem da mesma fonte.

O caminho já comecei e as lições irão surgir,
Nas vivências de um aprendiz.
Um companheiro é de lei para pedra bruta desbastar.
Quem tem pai, não tem padrasto,
Quem tem mestre, não vai falhar.

O passado que foi limpo,
O presente é meu destino,
Um tempo que não conta.
Pois, futuro te quero agora.

A vida é verdade construída.
A morte não mais me engana.
Liberdade é virtude merecida.
O vício não é garantia de nada.

Esquadro numa vida de retidão.
Compasso virtudes com precisão.
Avental prontifica meu trabalho
Para o bem-estar social.
O juramento vai na alma,
Há fraternidade entre irmãos.

Giro certo e paro em esquadria.
Sou responsável por uma harmonia.
Meu foco é no delta,
A palavra é correta.
O ritual ainda secreto,
Sempre houve uma intenção.
Seja homem leal e honrado,
Nosso caminho...iluminação!!

Salvador-Bahia, 06 de Maio de 2010.